Predador (1987) | Colecionável

Predador (1987) | Colecionável

O visual clássico de uma das criaturas mais amadas da ficção. Todos os detalhes de um predador implacável.

Os filmes da franquia Predador podem ser questionáveis, mas vamos direcionar a atenção para a década de 80. Direção de John McTiernan e estrelado por Arnold Schwarzenegger, Carl Weathers e Kevin Peter Hall. Não sabe quem é Hall? Foi o cara que usou a desconfortável armadura do Predador depois de toda aquela confusão com Jean-Claude Van Damme.

Existem upgrades, mas a criação de Stan Winston é inquestionável. Importante lembrar que inicialmente o visual do Predador não seria esse. Foi Arnold Schwarzenegger que sugeriu Winston, que anteriormente tinha criado o famoso esqueleto em O Exterminador do Futuro (1984).

De maneira indireta James Cameron ajudou na criação do Predador. Cameron comentou para Winston que estava esboçando ideias para uma nova criatura. Disse que sempre quis ver um monstro com mandíbulas. Winston aproveitou a ideia, mas no desenho final mencionou a conversa como inspiração.

Dica de post: Os personagens mais famosos dos anos 80

São muitos os detalhes, a peça reproduz cada centímetro da armadura, bem como destaque para o arsenal. Gosto muito da forma como cada elemento se complementa, mesmo que seja algo com mais de 30 anos, a perfeição ainda é uma referência. Atenção para os detalhes!

Outro detalhe que sempre chamou muita atenção, apesar de toda tecnologia, o Predador mantém elementos de um contato mais físico, como as garras retráteis, que na action figure mantém essa opção.

O conjunto inclui as todas as armas. Destaque é a possibilidade de tirar o capacete, que provoca mais uma surpresa com o visual assustador da criatura, possibilidade de alternar as expressões e mãos. Um action-figure cheio de opções.

O nome da peça é Classic Predador, bem como suas medidas: 35 cm (altura) e pode ser adquirido no site da SideShow.

(Fonte: SideShow)

Hugo Lamego

Publicitário - Especialista em Comunicação Empresarial | Apaixonado pelos clássicos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *