Matrix (1999) | 15 curiosidades

Matrix (1999) | 15 curiosidades

Estouro no orçamento, vômitos e Keanu Reeves pendurado em um prédio, são algumas das curiosidades de Matrix

O filme Matrix continua sendo um dos melhores exemplares de ficção já produzidos. Provavelmente você como fã deve achar que sabe tudo. A verdade é que existem algumas curiosidades, aqueles fatos que não são muito comentados e passam despercebidos. Principalmente para os mais jovens.

Lembra que o filme levou quatro Oscars? De Melhores Efeitos Visuais, Melhor Edição, Melhor Edição de Som e Melhor Mixagem de Som. Viu? Acontece. Mas isso não é um problema.

O lançamento aconteceu em 1999 e a loucura foi generalizada. Um roteiro inovador com o melhor da ficção e ação, e claro, a criação do efeito bullet-time. Além de um elenco impecável liderado por Keanu Reeves no papel do hacker Neo. Confira uma lista com reúne 20 curiosidades sobre a produção e o elenco de Matrix.

01 – Os Wachowskis tiveram a ideia para o filme em 1992. Foram necessários 14 rascunhos para obter o roteiro certo.

02 – A inesquecível luta no metrô entre Neo e Agente Smith estourou 10 dias do cronograma inicial das filmagens.

Keanu Reeves e Hugo Weaving em Matrix (1999)

03 – Keanu Reeves foi submetido a uma cirurgia nas costas pouco antes do início das gravações. Uma lesão na sua coluna tinha causado o início de paralisia nas pernas. Reeves ainda estava se recuperando quando o treinamento começou.

04 – A fim de alcançar o efeito bullet time as câmeras posicionadas em torno da ação tinham que capturar 12.000 quadros por segundo. A taxa normal é de 24 quadros. O termo foi registrado pela Warner Bros em 2005.

Keanu Reeves no inesquecível efeito bullet time em Matrix (1999)

05 – O orçamento inicial foi de US $ 80 milhões, mas a Warner concordou com apenas US $ 10 milhões. Os Wachowski pegaram o dinheiro e filmaram os primeiros dez minutos do filme (a cena de abertura com Carrie-Anne Moss). Mostraram aos executivos que ficaram impressionados. Conseguiram o sinal verde e o orçamento original.

06 – Gary Oldman e Samuel L. Jackson foram considerados para o papel de Morfeu.

Laurence Fishburne como Morfeu em Matrix (1999)

07 – John Gaeta, o vencedor do Oscar de efeitos visuais, revelou que Otomo Katsuhiro (Akira) e Michel Gondry foram as suas principais inspirações.

08 – A WB ficou nervosa com o atraso das gravações, mas após assistirem os primeiros minutos deram um voto de confiança para os Wachowskis. A filmagem foi originalmente planejada para 90 dias, mas ocorreu em 118.

09 – As cenas do construto foram tão fortemente iluminadas, que os atores não podia ver a junção entre as paredes e o chão. Editor Zach Staenberg descreveu como uma experiência bizarra.

Keanu Reeves e Carrie-Anne Moss em Matrix (1999)

10 – Na cena em que Neo conversa com Morpheus ao celular, no escritório Meta CORTECHS, Keanu Reeves realmente ficou do lado de fora do prédio. Uma altura equivalente a 34 andares.

11 – Carrie-Ann Moss teve de treinar intensamente durante seis meses para ser capaz de fazer todas as sequências de luta.

Carrie-Anne Moss como Trinity em Matrix (1999)

12 – No programa de treinamento de combate, antes de Neo começar seus ataques furiosos contra Morfeu, ele esfrega o nariz com o polegar e o dedo, um maneirismo semelhante de Bruce Lee antes de atacar seus oponentes. O movimento foi improvisado por Reeves.

13 – Johnny Depp foi a primeira escolha dos irmãos Wachowskis para o papel de Neo, mas a Warner Bros. Insistiu para escolherem Keanu Reeves. Depois de Will Smith, Nicolas Cage, Brad Pitt e Val Kilmer recusarem o papel.

14 – O momento em que Neo vomita, logo após de ser desplugado da Matrix, aparentemente não estava no roteiro. A história é Keanu Reeves comeu alguma coisa que não fez muito bem. O vomito foi real.

Keanu Reeves acabando de despertar em Matrix (1999)

15 – Para as cenas em que Neo acorda, Keanu Reeves perdeu cerca de 7 kg e raspou todos os pelos do seu corpo. Incluindo as sobrancelhas.

(Fonte: IMDB)

Hugo Lamego

Publicitário - Especialista em Comunicação Empresarial | Apaixonado pelos clássicos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *