Alita: Anjo de Combate, tentativa de James Cameron em adaptar um manga da forma correta


Fico pensando como deve ser confortável e assustador ser James Cameron. São dele os dois filmes que continuam como a primeira e a segunda maior bilheteria de todos os tempos. Claro que você sabe que estou falando de Avatar (2009) e Titanic (1997), e quando escutamos o nome do cara sempre esperamos por uma revolução.

Na verdade Cameron não dirige o filme, colaborou com o roteiro e na produção, a direção é de Robert Rodriguez, que não assume um blockbuster desde Sin City: A Dama Fatal (2015), mas é de conhecimento geral que esse é um projeto especial para Cameron.

O filme Alita: Anjo de Combate é baseado no manga Battle Angel Alita de Yukito Kishiro e pode ser uma nova chance para as adaptações de mangas, desde a recepção negativa de Ghost in the Shell. O elenco impressiona tanto quanto o CGI, nomes como Jennifer Connelly, Christoph Waltz e Mahershala Ali.

O primeiro trailer de Alita: Anjo de Combate revela muito pouco para uma previsão, aparentemente um filme de ação com pouco espaço para questionamentos. Esse é o perfil de  Cameron e Rodriguez, os dois gostam muito de um visual mirabolante, mas geralmente costuma funcionar.

Na trama uma cyborg é encontrada destruída por um cientista. Recuperada, ela não se lembra do seu passado, mas possui um vasto conhecimento nas artes marciais, ao mesmo tempo em que busca por respostas, se transforma em uma caçadora de recompensa. Dê uma olhada.

Direção de Robert Rodriguez e roterio de James Cameron e Laeta Kalogridis. O elenco é formado por Rosa Salazar, Jennifer Connelly, Eiza González, Michelle Rodriguez, Christoph Waltz, Jackie Earle Haley, Jeff Fahey, Mahershala Ali, Ed Skrein, Casper Van Dien, Lana Condor, Jorge Lendeborg Jr., Marko Zaror, Elle LaMont e Idara Victor.

A estreia de Alita: Anjo de Combate acontece em julho de 2018.

(Fonte: YouTube)

Se você gostou desse artigo e gostaria de muito mais, compartilhe (clique em alguns dos links ao lado). Ou…

Deixe um comentário logo abaixo sobre o que mais gostou no artigo, alguma dica ou até mesmo uma crítica. Sempre é legal uma interação.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *