Por que você deveria assistir Drácula de Bram Stoker estrelado por Gary Oldman?


Escolher o melhor Drácula é uma tarefa quase que impossível. Cada geração tem a sua personificação. Talvez o seu preferido seja Bela Lugosi ou Christopher Lee, no meu caso, sempre fui fascinado por Gary Oldman. O mais extravagante, claro que existem outros filmes incríveis, mas Drácula de Bram Stoker tem aquele elemento especial, algo que o torna único.

Na trama, no século XVI o conde romeno Vlad Dracul retorna após lutar nas cruzadas e encontra sua amada morta. Em um momento de desespero entrega sua alma ao demônio. Quando descobre que uma jovem inglesa é a reencarnação da sua esposa, inicia um plano para conseguir conquistar o seu coração.

Por que você deveria assistir Drácula de Bram Stoker? Essa versão consegue mesclar todos os elementos de uma das figuras mais atraentes do cinema, em um misto de terror e romance. Na verdade o filme é uma mistura de erros e acertos, mas os acertos sobrepõem as derrapadas.

dracula-bran-stoker-02

Uma ótima direção de Francis Ford Coppola, o homem responsável por filmes como Apocalypse Now e O Poderoso Chefão, um figurino preocupado com os mínimos detalhes e um dos melhores trabalhos de maquiagem protética do cinema.

O elenco é estrelado e o resultado é belíssimo, mas nem por isso podemos considerar todas as atuações como impecáveis, como é o caso de Winona Ryder e Keanu Reeves, que foram engolidos pela energia de Gary Oldman. Já nomes como Sadie Frost (Lucy) e Tom Waits (Renfield) conseguem brilhar em cena. Destaque para Anthony Hopkins, que criou um Van Helsing a beira da loucura.

Um bom exemplo de que o resultado final funciona, e a cena aonde Jonathan Harker (Reeves) é estuprado pelas noivas do Drácula. Talvez você não reconheça, mas uma delas é a deslumbrante Monica Bellucci.

dracula-bran-stoker-03

Existe o romance, mas o interesse é na figura dúbia do Conde Drácula de Bram Stoker, que em alguns momentos pode ser o indivíduo mais charmoso e também o mais assustador (isso é o que realmente interessa).

Durante o filme, Drácula assume algumas formas, cada uma delas com a sua particularidade. Pode ser uma versão velha e fragilizada, um lobisomem, uma névoa, e claro, um híbrido homem-morcego (o melhor).

Falando das transformações, entramos no melhor do filme. Sou fascinado por maquiagem protética, nada contra o uso de CGI para aperfeiçoar a experiência, mas dessa maneira o resultado parece mais realista. Mesmo hoje com tantos recursos, ainda tenho essa criatura como uma das mais assustadoras do cinema.

dracula-bran-stoker-04

Para ter certeza que não são apenas palavras de um apaixonado, o filme levou as seguintes estatuetas no Oscar: melhor figurino, melhor maquiagem, melhor produção de arte e melhores efeitos especiais.

Resumindo! Gosta de vampiros, mas não ficou muito empolgado com as novas versões? Esse filme de 1992 possui o que ultimamente tem faltando. Aquele detalhe que cada vez mais vem sendo ignorado. Isso mesmo. Sangue. Uma versão sexy e cheia de estilo. Obrigatório para os fãs do gênero. Assista!

(Fontes: IMDB)

Se você gostou desse artigo e gostaria de muito mais, compartilhe (clique em alguns dos links ao lado). Ou…

Deixe um comentário logo abaixo sobre o que mais gostou no artigo, alguma dica ou até mesmo uma crítica. Sempre é legal uma interação.

Leia mais sobre a Categoria Especiais.


3 thoughts on “Por que você deveria assistir Drácula de Bram Stoker estrelado por Gary Oldman?

  1. O livro Drácula, na qual Bram Stoker escreveu é um ótimo romance, existem trechos memoráveis, quem leu garanto que sentiu o pavor de John Harker quando ele praticamente pendurado do lado de fora do castelo percebe que não vai sair vivo do castelo. Ou quando o capitão do barco que esta indo para Londres percebe que toda sua tripulação esta sumindo, e depois é encontrada morta, ou até a caçada de Van Helsing, e John (que conseguiu sair vivo para salvar a esposa), atrás de Dracula que tenta chegar ao castelo antes do sol se por, pois enquanto tinha sol ele não poderia usar seus poderes, e quando é morto em frente de seu castelo… O livro é incrível, o filme é uma adaptação de que nem chegou a ler o livro, estas são algumas partes que quis mencionar, a muita, mas muita partes dilaceradas e colocadas no filme, e aquele final???? Um absurdo! Quanto a questão de atuação dos atores realmente foi muito boa, pena que o roteiro, a direção e quase todo o resto não fez nenhuma homenagem tanto a história escrita por Bram Stoker, quanto ao autor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *